Cultura

Acontece nesta quinta-feira, 18, às 19h no auditório da Câmara Municipal de Palmas o lançamento do livro "Memórias Vivas da Câmara Municipal de Palmas", de autoria da vereadora Warner Pires. A obra apresenta um rico painel dos fatos e personalidades políticas que marcaram a história da Câmara e da cidade de Palmas, desde sua criação, em 20 de maio de 1989. "São autores principais de uma novela de conteúdo forte, por nome de Palmas, que tem como fio condutor o legislativo municipal", esclarece a vereadora.

Warner Pires, testemunha ocular dos últimos movimentos da criação do Estado do Tocantins e da fundação de Palmas, narra fatos históricos e pitorescos dessa epopéia, agora registrados para a posteridade em 348 páginas. "Vejo esse livro como uma grande vitória, uma realização como mulher, cidadã e política. É o resultado de muita dedicação, pesquisa e o apoio de tantas pessoas, que agora chega ao público, especialmente ao cidadão palmense, a quem eu dedico, de coração, este trabalho".

A autora apresenta a obra em oito capítulos, abordando um período que vai da criação do Tocantins, em 1988, a julho de 2008. São destaques nos capítulos: a função do vereador; o estado do Tocantins e a capital Palmas; os primeiros gestores e legisladores; a história de cada legislatura; o perfil com depoimentos dos 53 vereadores, desde a implantação do Parlamento em Palmas e ainda um apêndice com a relação de todas as pessoas contempladas com o título de "Cidadão Palmense".

Um dos capítulos mais interessantes é o que traz as memórias vivas da autora. Warner viveu fatos e presenciou situações inimagináveis e fala desses momentos com muito humor e ternura.

Perfil

Warner Macedo Camargo Pires nasceu em Goiânia-GO, no dia 14 de setembro de 1958. É graduada em administração de empresas pelo CEUP/Ulbra e foi servidora do Incra/GO. Na década de 70, ela mudou-se para o então norte de Goiás, casando-se com o médico, Raimundo Nonato Pires dos Santos (Raimundo Boi). O casal veio de Miracema para Palmas logo no início da fundação da cidade, tendo um papel importante na histórica criação do Estado do Tocantins e da Capital.

Suas ações como vereadora são marcadas pela postura crítica, ética guerreira e corajosa, sobretudo no que envolve a população palmense. Ao longo de dois mandatos (2001/2004 e 2005/2008), as causas de grande interesse popular sempre contaram com seu apoio incondicional. Nas últimas eleições ela concorreu como vice-candidata a prefeita, na chapa encabeçada pelo deputado Marcello Lélis-PV, da Coligação União do Tocantins (UT), ficando em segundo lugar na disputa.

Fonte: Assessoria ver. Warner Pires

Por: Redação

Tags: Câmara de Palmas, cultura, Livro, Warner Pires