Geral

Foto: Zacarias Martins

Familiares das crianças Lucas de Cássio Magalhães e Maria Eduarda Reis, de 10 e 6 anos, respectivamente, que no dia 2 de janeiro sobreviveram a um acidente automobilístico na BR-153, próximo a Aliança do Tocantins, não pouparam elogios ao trabalho desenvolvido pelos profissionais que atuam no HRG - Hospital Regional de Gurupi.

A tia das crianças, Maria Neves Oliveira Silva, disse que ficou maravilhada com o atendimento pelo corpo médico, de enfermagem e dos demais funcionários do hospital "pela solidariedade, paciência e dedicação prestadas durante os dias em que as crianças estiveram internados na unidade de saúde. Ela mandou colocar uma faixa externando o agradecimento da família, em frente ao hospital. Ainda segundo Neves, os profissionais do HRG "passaram em nossas vidas por um instante, mas foi o suficiente para permanecerem em nossos corações. "A esses profissionais, o nosso carinho e gratidão", finalizou.

A diretora Administrativa do HRG, Andréia Ribeiro Couto Teixeira, disse que o HRG conta com bons profissionais e que eles passam constantemente por cursos de capacitação, visando melhorar ainda mais o atendimento aos usuários ao mesmo tempo em que coloca em prática a política de humanização hospitalar determinada pela Sesau - Secretaria de Estado da Saúde.

De acordo com a diretora, as crianças, que chegaram a passar pela Unidade de Terapia Intensiva do HRG, recuperaram-se bem dos ferimentos sofridos e na manhã de quinta-feira, 8, foram transferidos, a pedido da família, para o Hospital de Base de Brasília, onde darão continuidade ao tratamento.

 

Zacarias Martins