Geral

A prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Finanças (SEFIN), disponibiliza a partir desta quarta-feira, 21, a consulta e emissão do boleto antecipado do Imposto Territorial Urbano (IPTU) e da taxa de coleta de lixo deste exercício. A consulta pode ser feita através do site www.palmas.to.gov.

Para pagamento à vista o contribuinte receberá desconto de 30%, mais 10% se o imóvel tiver calçada para lotes edificados.

O vencimento para os lotes não edificados será 15 de fevereiro. Já para os lotes construídos, o contribuinte terá até 15 de março para pagar o imposto também com desconto. Em ambos os casos, o valor a ser pago poderá ser parcelado em até dez vezes, sem o desconto de 30%.

O diretor de administração tributária da Secretaria de Municipal de Finanças, Walter Borges, lembra que os recursos provenientes da arrecadação do IPTU são essenciais para a manutenção de vários serviços no município. "No ano passado foram arrecadados 40% do valor lançado, a Prefeitura espera receber neste ano cerca de 50% do valor estimado. A cada ano constatamos o crescimento da arrecadação, isso mostra que o cidadão palmense tem tomado consciência em cumprir o seu dever para com a melhoria da capital, que a cada dia registra aumento nas demanda de serviços".

Como pagar

Os carnês para lotes edificados deverão ser entregues à população a partir da segunda quinzena do mês de fevereiro. O documento será enviado para as residências dos próprios contribuintes.

Quanto aos imóveis vagos, a Prefeitura não enviará o carnê e cada contribuinte deverá retirá-lo a partir de amanhã, 21, pelo site www.palmas.to.gov.br , menu eu preciso/Carnê IPTU e taxas e digitar o código do imóvel e a forma de pagamento.

Quem não tiver acesso à internet, deverá retirar o boleto no Shopping da Cidadania, em Taquaralto, ou na sede da Secretaria Municipal de Finanças.

Após a emissão do carnê, o pagamento dos tributos pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Bradesco e seus associados, como quiosques, caixas eletrônicos, casas lotéricas e bancos postais.

Fonte: Ascop