Estado

O governador Marcelo Miranda, que retornou a Palmas nesta quarta-feira, 11, de viagem aos Estados Unidos, vai participar de um encontro com o príncipe Charles, que está em visita oficial ao Brasil. O encontro reúne também os nove governadores da Amazônia Legal e será realizado nesta sexta-feira, 13, em Manaus (AM).

O evento, promovido pelo governador do Amazonas, Eduardo Braga, pretende promover a continuação das discussões sobre a preservação da Floresta Amazônica e temas como mudanças climáticas, desmatamento da Amazônia e proteção do meio ambiente.

No Tocantins, Estado que faz parte da Amazônia Legal, entre as ações desenvolvidas pelo governo estadual, se destacam a Lei 1.918/08, de Mudanças Climáticas, Conservação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Tocantins, que coloca o Estado como o segundo do país em legislação especificamente ambiental.

O Tocantins se destaca também no combate ao desmatamento da Floresta Amazônica, ficando entre os quatro estados que menos desmataram, entre novembro de 2008 e janeiro deste ano, segundo dados do Deter – Detecção do Desmatamento em Tempo Real, do Inpe – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Visita ao Tocantins

O príncipe Charles já esteve no Tocantins, em março de 2002. Na ocasião, ele visitou a Fazenda Javáes, na Ilha do Bananal, passeou de barco pelo rio Araguaia e o Centro de Pesquisas Ecológicas Cangaçu, no Cantão, onde participou do lançamento do Projeto de Preservação das Tartarugas Amazônicas.

Príncipe

No ano passado, a organização não-governamental Prince's Rainforests Projects, criada em 2007 pelo príncipe Charles, criou um site para acelerar a identificação de problemas e a busca de soluções para combater o desmatamento no planeta.

Esse site, que denuncia, em frações de segundos, cada metro quadrado de floresta tropical destruído na Terra, pretende ampliar o conhecimento mundial de iniciativas em favor dessas florestas e orientar as pessoas sobre formas individuais de protegê-las.

Da redação com informações Secom

 

 

Por: Redação

Tags: Estado, Marcelo Miranda