Polí­tica

Foto: Divulgação Nilmar discursa durante lançamento da Frente Vocacional em Palmas - Foto - Daniel Bezerra Nilmar discursa durante lançamento da Frente Vocacional em Palmas - Foto - Daniel Bezerra

A busca por alternativas para consolidar a independência econômica dos municípios tocantinenses foi discutida na manhã desta sexta-feira, 27, no auditório do Sebrae de Palmas, durante o lançamento da Frente Parlamentar de Desenvolvimento Vocacional dos Municípios da Região Norte.

O evento, organizado pela vice-presidente e coordenadora da Frente, deputada federal Nilmar Ruiz (DEM), apresentou alternativas concretas para a descoberta do potencial de cada município e maneiras para desenvolver essa vocação.

A busca por alternativas para fortalecer a economia dos municípios tocantinense ocorre num momento importante, em que prefeituras, não só do Estado, como de todo o país, passam por grande dificuldade.

“Os municípios passam por um momento difícil, em que a falta de recursos vem inviabilizando a administração pública. É preciso encontrar novas formas de gerar renda para o município e para nosso povo. A alternativa é trabalhar de maneira organizada e planejada na busca pela vocação econômica da cidade. O resultado dessa ação é a criação de novos postos de trabalho, a geração de renda para o nosso povo e o aumento de consumo. A população com mais dinheiro no bolso faz o município crescer”, argumentou Nilmar.

O trabalho para formar uma economia forte e autônoma nos municípios também foi o tema do discurso do presidente da Frente Parlamentar, deputado federal Renato Amary (PSDB-SP), assim como das autoridades presentes como o secretário da Frente Parlamentar, deputado federal Laurez Moreira (PSB); o secretário da Agricultura do Estado, Roberto Sahium, que no ato representou o governador do Tocantins, Marcelo Miranda; o presidente da Assembléia, deputado Carlos Henrique Gaguim (PMDB); a líder do Governo na Assembléia, deputada Josi Nunes (PMDB); o presidente da Federação das Indústrias do Tocantins (FIETO), Eduardo Machado; e o superintendente do Banco do Brasil, Luiz Alves Pordeus Júnior. O evento também contou com a presença do deputado federal Moisés Avelino (PMDB), diversos prefeitos de várias regiões do Estado e gestores públicos municipais e estaduais.

O professor doutor pela Universidade de São Paulo (USP), Humberto Dantas, em sua palestra, apresentou os principais caminhos para que os gestores públicos possam encontrar sua vocação. “É mais do que necessário que os indivíduos estejam ligados e informados nas tendências econômicas que possam gerar desenvolvimento para seu município ou para sua região”, avaliou. Para Dantas, a vontade do prefeito e a discussão com a comunidade são os caminhos iniciais e fundamentais para a descoberta da vocação do município.

O secretário extraordinário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável do Tocantins, Igor Avelino, falou do despertar de cada administrador público para os meios alternativos de geração de renda e de desenvolvimento econômico da cidade. “O prefeito precisa se perguntar: Que legado eu quero deixar para o povo no final da minha administração?”, questionou Igor Avelino. “O prefeito precisa entender seu papel e saber que uma boa administração, feita com planejamento e com uma gestão responsável, pode mudar a história da cidade, consolidando a economia e criando formas de desenvolvimento para a população.

Durante o evento, ficou firmado que a Frente Parlamentar de Desenvolvimento Vocacional dos Municípios visitará municípios de diversas regiões do Tocantins para discutir projetos de desenvolvimento para o Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa Nilmar Ruiz

 

Por: Redação

Tags: Igor Avelino, Nilmar Ruiz, Política