Economia

Foto: Divulgação

A Coordenadoria de Fiscalização do Procon do Tocantins orienta os consumidores do Estado sobre a aquisição de ovos de páscoa/chocolate e pescado. Segundo o órgão é importante observar o rótulo dos produtos, com atenção às informações como a data de validade e os ingredientes.

Segundo o DPDC – Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, a atenção do consumidor deve ser maior quanto às versões diet ou light do que os ovos de páscoa convencionais. As nomenclaturas diet ou light não significam, necessariamente, que esses produtos são isentos ou tenham percentuais reduzidos de açúcar ou gordura. Outra observação do órgão é que os chocolates com recheios de frutas tendem a perecer mais rapidamente.

De acordo com a Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, os alimentos diet apresentam na sua composição quantidades insignificantes, ou são totalmente isentos de algum nutriente, já os light apresentam a quantidade de algum nutriente reduzido, quando comparado a um alimento convencional. Sobre os chocolates diet sem adição de açúcar, a Anvisa afirma que embora estes produtos não tenham açúcar como ingrediente, podem apresentar mais gordura do que os chocolates convencionais.

Pescados

Quanto aos pescados, o Procon orienta que antes de adquiri-los é interessante observar as condições de higiene do local, bem como, a forma em que os mesmos são armazenados e acondicionados. O CNNPA - Conselho Nacional de Normas e Padrões para Alimentos ressalva que devem ser adotadas medidas que protejam o alimento de contaminação por animais, insetos, aves e por elementos químicos ou microbiológicos durante a manipulação e armazenagem e, ainda, o gelo utilizado na refrigeração dos pescados deverá ser feito com água potável.

No momento da escolha do peixe, o mesmo tem que estar com as guelras vermelhas, os olhos salientes e brilhantes, o corpo rígido e as escamas não devem se desprender facilmente. É importante que o consumidor passe o dedo sobre as guelras para averiguar se o tom avermelhado não é um corante aplicado, com a finalidade de confundi-lo.

Fonte: Secom