Palmas

A CUFA – Central Única das Favelas do Tocantins participa da Comissão Organizadora da II Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial, que acontece nos dias 6,7 e 8 de maio, no auditório da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, em Palmas.

Ontem, segunda-feira, 27, o diretor de Articulação da Cufa-TO, Marcos Antônio, participou da reunião, na Secretaria Estadual de Cidadania e Justiça, que definiu parte da programação do evento, que contará com apresentações culturais, palestras e grupos de trabalho que abordarão os seguintes eixos temáticos: cultura, educação, terra, saúde, segurança e trabalho.

“Com a Conferência a juventude negra do Estado tem a chance de participar deste debate que é tão polêmico e expor suas idéias sobre a promoção da igualdade racial. No contexto geral, temos a oportunidade de melhorar o que não foi contemplado na primeira conferência, pois muitas propostas não foram atendidas, e nesta segunda iremos debater e propor novos caminhos para a igualdade racial no país” ressaltou o Diretor de Articulação da Cufa.

Um dos objetivos da Conferência estadual é debater e avaliar as diretrizes para a implementação do Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial. A Conferência será o último passo para a escolha dos 22 delegados que representarão o Tocantins, na Conferência Nacional, a ser realizada entre os dias 25 a 28 de junho, em Brasília.

As etapas municipais da Conferência aconteceram no mês de março em Araguaína, Porto Nacional e Arraias, e no me de abril em Palmas.

Fonte: Cufa-TO

 

Por: Redação

Tags: Conferência, Cufa, Igualdade Racial, OAB, Palmas