Geral

Foto: Koró Rocha

As mães tocantinenses foram homenageadas em um culto ecumênico, realizado no hall de entrada da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira, dia 7. Com mensagens, leituras bíblicas e cânticos, a cerimônia contou com a presença de funcionários do Legislativo, religiosos, do primeiro vice-presidente do Parlamento, deputado Júnior Coimbra (PMDB), e dos parlamentares Stalin Bucar (PSDB) e Raimundo Moreira (PSDB).

Primeiro a usar a palavra, o pastor Israel Oliveira Sousa, da Igreja Assembleia de Deus, iniciou sua participação com a leitura de uma passagem bíblica. No texto, o pregador usou a história da mãe de Moisés, que protegeu seu filho de um infanticídio ordenado pelo Faraó, como exemplo de amor maternal.

Com participação mais musical, o padre Odair Donizeti, entoou cânticos de louvor a Deus e à mãe de Jesus, Maria, acompanhado da platéia. Outra participação que levou os presentes às lagrimas foi a de Jeiciane Carvalho, que lembrou sua falecida mãe.

Em nome dos parlamentares, o deputado Júnior Coimbra discursou em seguida. Para ele, um dia de homenagens às mães é pouco. “Devemos fazê-las todos os dias, retribuindo o carinho que elas têm por nós”, aconselhou o parlamentar.

Em uma participação inesperada, o deputado Stalin Bucar foi convencido pelos colegas a tomar a frente da cerimônia e liderar a canção “Flor mamãe”. Com o microfone na mão, o parlamentar não decepcionou e contou com o acompanhamento da platéia.

A cerimônia foi finalizada com o anúncio de pequenos mimos concedidos às homenageadas. Durante o dia, a Assembleia Legislativa vai presentear suas funcionárias-mães com porta-bolsas.

Fonte: Dicom/AL