Polí­tica

Foto: Ises Oliveira Lelis quer da prefeitura planilha tarifária que subsidiou os cálculos do reajuste do transporte coletivo Lelis quer da prefeitura planilha tarifária que subsidiou os cálculos do reajuste do transporte coletivo

Na sessão vespertina da Assembleia Legislativa desta quarta-feira, 3, a deputada estadual Solange Duailibe (PT) e primeira-dama de Palmas deixou claro que a prefeitura da capital nada tem a esconder a respeito do reajuste de 40% da tarifa do transporte público municipal, em vigor desde o dia 24 do mês passado. A parlamentar votou a favor de dois requerimentos de autoria do deputado Marcelo Lelis (PV). Um solicitando informações a respeito da construção de novos terminais de integração na Avenida Governador Siqueira Campos (antiga Teotônio Segurado) e outro pedindo que a prefeitura envie a planilha tarifária completa que subsidiou os cálculos do reajuste da tarifa do transporte coletivo da capital.

Solange fez questão de manifestar seu voto favorável aos requerimentos de Lelis, adversário do prefeito Raul Filho (PT) na campanha municipal do ano passado, afirmando que “assim como é importante solicitar informações também é importante prestá-las”.

A respeito da construção dos terminais de integração, Solange disse que “a vontade de um governante é fazer tudo, mas é preciso priorizar”, ela lembrou as atuais dificuldades orçamentárias que vivem os municípios brasileiros com a queda do Fundo de Participação dos Municípios - FPM. A deputada afirmou ainda que, ao analisar a planilha tarifária que originou o reajuste, “o deputado [Lelis] vai se inteirar e ver que a cobrança é justa”.

O deputado Raimundo Moreira (PSDB) elogiou Solange afirmando que a deputada merece aplausos por ser primeira-dama de Palmas e não rejeitar pedidos de esclarecimentos para a prefeitura. Moreira o fez lembrando que atitudes como a de Solange não acontecem na Assembleia, onde a base governista geralmente se une para rejeitar pedidos de esclarecimento por parte da oposição.

IPTU

Outro debate frequente entre Solange e Lelis, sobre o reajuste do IPTU feito pelo prefeito Raul Filho e a ação de inconstitucionalidade (Adin) impetrada pelo deputado e seu partido, teve mais um capítulo na sessão matutina de ontem (02) na Assembleia. Na ocasião, Solange entregou a Marcelo Lelis o carnê solicitado por ele provando que contribuintes foram prejudicados com a Adin e terão de ressarcir à Prefeitura de Palmas o que pagaram a menos com o reajuste de Raul.

Solange enviou, também, ao gabinete de Lelis, uma pilha de documentos provando que 34 mil pessoas terão de fazer o mesmo ressarcimento à Prefeitura devido à ação do Partido Verde, todas elas residentes nas áreas mais carentes de Palmas.

Fonte: Assessoria de Imprensa dep. Solange Duailibe