Esporte

Foto: Thiago Sá

Com muita garra e suando os uniformes, duas equipes do Tocantins estão mostrando um bom desempenho nas provas da Brasil Wild Extreme 2009 – A Corrida da Sustentabilidade. A equipe Tocantins - Celtins /Investco alcançou, nesta terça-feira, 9, no PC-7 – Ponto de Controle, próximo ao município de Ponte Alta, no Jalapão, a 8ª posição no ranking. Também a equipe do Corpo de Bombeiros se esforça para melhorar a 32ª colocação, obtida até o PC-5 (Dunas). Ao todo são 33 equipes na categoria Quarteto e 12 Duplas.

Para o capitão da equipe do Corpo de Bombeiros, Osmar Martins, a experiência está valendo a pena. “Para nós, o maior desafio foi a flutuação devido o frio”, pontuou.

Na segunda-feira, 8 , as equipes largaram cedo do PC 1, de Mumbuca, passaram pelo PC 5, as Dunas do Jalapão. A largada foi iniciada com a modalidade trekking, seguindo para flutuação no rio Novo e rafting (parte 1); Dark Zone – Saco (1) . Na manhã da terça-feira, 9, foi dada a relargada do rafting (parte 2), da praia das Cariocas, ainda no rio Novo, fazenda do senhor Antonio.

Os integrantes das equipes tocantinenses sinalizaram que vão até o fim do percurso que totaliza 480km. Eles participam na categoria Quarteto, sendo que cada grupo tem um capitão: Andrey Luciano de Freitas (Celtins;Investco) e Osmar Martins Pereira (Corpo de Bombeiros).

Durante a passagem pelo PC-1, o diretor de Provas Júlio Pieroni destacou que os atletas tocantinenses estão empenhados. “A participação dos componentes do Tocantins vem ao encontro da proposta do evento, que é envolver competidores da região, onde o Brasil Wild acontece”, frisou.

Ao todo, 160 atletas de 10 capitais brasileiras e de outros países participam do evento, que se estende até o próximo dia 14 de junho, com encerramento em Palmas.

Da redação com informações Secom