Geral

A Defesa Civil do Estado do Estado do Tocantins faz um alerta preventivo à comunidade sobre o período propício à ocorrência de baixos índices de umidade relativa do ar, especialmente nos meses de julho e agosto. Nesta quinta, 16, e sexta-feira, 17, a presença de uma massa de ar seco sobre o território tocantinense provocará baixa na umidade relativa do ar, que ficará inferior a 30%, exceto na região norte.

Algumas medidas são essenciais para a preservação da saúde e bem-estar, levando-se em consideração, ainda, que a temperatura é elevada em todo Estado, com alta incidência de raios UV-B. A população deve evitar atividades ao ar livre e exposição ao sol das 10 às 17 horas. O período mais crítico é entre as 14 e 16 horas. Para evitar a desidratação, recomenda-se a ingestão de bastante líquido e o uso de roupas leves. Pano úmido e bacia com água devem ser colocados nos ambientes para aumentar a umidade, principalmente se houver ar-condicionado.

O tempo seco também aumenta o risco de queimadas e incêndios florestais, que podem trazer outros prejuízos à saúde. A Defesa Civil reforça a recomendação para evitar o uso de fogueiras, principalmente em locais próximos a matas e florestas. Os motoristas jamais devem jogar pontas de cigarro e latas às margens das rodovias e, em estradas com fumaça, devem redobrar a atenção para evitar acidentes.

Recomendações

• Evitar caminhar e se expor ao sol no horário entre 10 e 17 horas;

• Beber bastante líquido (especialmente água) e evitar bebidas alcoólicas;

• Usar protetor solar, chapéu e blusa de manga longa;

• Usar roupas leves;

• Fazer refeições leves;

• Não jogar bitucas de cigarro acesas às margens da rodovia e próximo a barracas;

• Não jogar latas e objetos metálicos às margens da rodovia;

Por: Redação

Tags: Defesa Civil, Tocantins, Umidade do Ar