Esporte

Foto: Luciano Ribeiro

O empresário José Ignácio Marcet, presidente da Fundação Marcet, entidade que trabalha e investe na formação profissional de crianças e adolescentes ligados ao futebol, esteve nesta terça-feira 21, no gabinete do governador Marcelo Miranda (PMDB) para tratar de uma possível parceria entre a fundação espanhola e as escolas públicas do Tocantins.

Durante a audiência Marcelo Miranda disse que “o que mexe com o ser humano a gente não pode medir a distância, principalmente quando o foco é criança e adolescente”.

A intenção da fundação é instalar no Tocantins mais uma sede da entidade, que está presente em vários países e continentes, entre eles Inglaterra, México, Costa Rica, Autrália e Africa. Com sede em Barcelona, a fundação associa ao talento desportivo de crianças e adolescentes valores acadêmicos e humanos. “Além de disciplina e tática, ensinamos o jogador do futuro a ser inteligente, é esse talento que busca a fundação”, explica o presidente José Ignácio Marcet.

Durante entrevista, Marcet disse que escolheu o Tocantins por ser o estado mais jovem da federação e por acreditar no potencial dos estudantes tocantinenses. “aqui é um estado com muito a se fazer, com a mentalidade aberta para novas tecnologias e para muitos projetos”, finalizou o empresário.

Projeto

Serão beneficiados os 139 municípios do Estado, cerca de 86 mil jogadores e 4 mil goleiros passarão pela metodologia do projeto, que tem previsão para iniciar em dois meses. Para atingir esse número, a fundação capacitará todos os professores de educação física da rede pública do Tocantins.

Depois do trabalho implantado e executado, serão escolhidos os quatro melhores jogadores, para uma temporada de um ano na Europa com todas as despesas pagas pela Fundação. A seleção será pautada em três critérios: desporto, desempenho acadêmico e valor humano. Os contemplados participarão do Campeonato Mundial de Futebol Escolar, que acontecerá em julho de 2010.

Fonte: Secom