Palmas

A Secretaria-Geral da Presidência da República, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade promovem em Palmas, nesta quinta-feira, 23, das 9h às 17h, seminário estadual para divulgar a terceira edição do Prêmio ODM Brasil. O evento acontece auditório do IFTO Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Tocantins – Campus Palmas (antiga Escola Técnica) – Quadra 310 Sul AE, Av. NS10 esquina com AV. LO5, Palmas-TO e é voltado a representantes de prefeituras, empresas e organizações da sociedade civil com o objetivo de sensibilizar para implementarem ações que contribuam para o alcance dos oito Objetivos do Desenvolvimento do Milênio.

O Prêmio ODM Brasil é uma iniciativa inédita no mundo e foi criado pelo governo brasileiro, em parceria com o PNUD e Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade, como forma de incentivar e disseminar as melhores práticas que visam atingir os ODM. O Prêmio foi lançado em 2004 e já foram realizadas duas edições: em 2005 com 920 projetos inscritos e 27 premiados; e em 2008, quando foram 1062 projetos inscritos e 20 premiados.

A exemplo das demais edições, as práticas inscritas serão avaliadas e selecionadas por técnicos e especialistas. Ao final do processo, as melhores iniciativas serão escolhidas e premiadas por um júri especial. Os critérios para avaliação são a contribuição para o alcance dos ODM; o impacto no público atendido; participação da comunidade; existência de parcerias; potencial de difusão e articulação com outras políticas públicas.

O Prêmio ODM Brasil tem coordenação técnica do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA e da Escola Nacional de Administração Pública – ENAP e parceria do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Petrobrás.

O que são os ODM

Os objetivos do milênio foram definidos durante reunião da Cúpula do Milênio, realizada em Nova Iorque em 2000, quando líderes de 189 nações oficializaram um pacto para tornar o mundo mais solidário e mais justo até 2015. O sucesso deste compromisso será possível pela adoção de oito iniciativas, conhecidas como Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. São elas:

- Erradicar a extrema pobreza e a fome;

- Educação básica de qualidade para todos;

- Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres;

- Reduzir a mortalidade infantil;

- Melhorar a saúde das gestantes;

- Combater o HIV/Aids, a malária e outras doenças;

- Garantir a sustentabilidade ambiental;

- Estabelecer parcerias para o desenvolvimento.

Inscrições

As inscrições para o prêmio estarão abertas de 27/7 a 2/10 e podem ser feitas no site www.odmbrasil.org.br e pelos correios, aos cuidados da Escola Nacional de Administração Pública – ENAP, em Brasília, Distrito Federal, no endereço: SAIS – Área 02 – A CEP: 70610-900. O regimento interno do Prêmio ODM, com calendário e relação de documentos pode ser obtido no site.

Por: Redação

Tags: 310 Sul, IFTO, Palmas, Seminário