Economia

Taxistas de todo o Brasil contarão com uma nova linha de crédito no valor de R$ 200 milhões para renovação da frota, conforme aprovado nesta terça-feira, 28, pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

O prazo do financiamento é de até cinco anos, com possibilidade de três meses de carência. O valor máximo a ser financiado é de R$ 60 mil, com possibilidade de emprestar até 90% do valor do veículo, que deve ser de fabricação nacional e novo. A taxa efetiva de juros será de 0,82% ao mês.

O benefício será direcionado a pessoas físicas, titulares de concessão legal expedidas pelos órgãos competentes que regulam a atividade de taxista.

Ajuda

Os taxistas são o terceiro segmento no setor automobilístico a receber auxílio do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), depois de revendedores de carros seminovos, que receberam R$ 200 milhões para capital de giro, e motofretistas, que receberam outros R$ 100 milhões.

"O setor automobilístico perdeu até 40% da exportação, por conta da crise internacional", afirmou o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.

De acordo com ele, o patrimônio do FAT terminou o semestre com superávit de mais de R$ 1,7 bilhão, e o "fundo continuará crescendo para ajudar ainda mais os trabalhadores brasileiros".

Fonte: InfoMoney

Por: Redação

Tags: Codefat, Economia, Fat, Financiamento, Taxi, Taxistas