Geral

Planejado desde o mês de janeiro, o concurso da Educação oferecerá 2.198 vagas para o cargo de professor da Educação Básica, nas seguintes áreas de conhecimento: Arte, Biologia, Educação Fsica, Filosofia, Geografia, História, Letras – Espanhol, Letras – Inglês, Letras – Português, Matemática, Física, Química, Sociologia, professor dos anos iniciais do Ensino Fundamental, professor instrutor de Libras e professor intérprete de Libras. O edital do certame já está publicado no Diário Oficial desta segunda.

A carga horária de trabalho varia de 20 a 40 horas semanais e a remuneração é de R$ 1.090, para 20 horas semanais, e R$ 2.181, quando a carga for de 40 horas. A taxa de inscrição será de R$ 50 e o período de inscrição vai do próximo dia 21 ao dia 9 de setembro. A inscrição será feita exclusivamente pelo site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br), instituição responsável por toda a execução do concurso.

A realização do concurso está dividida em: avaliação teórico-objetiva e redação – ambas de caráter eliminatório e classificatório; avaliação de títulos – de caráter classificatório. A avaliação teórico-objetiva será composta de 50 questões de múltipla escolha e acontecerá nos municípios sede das Diretorias Regionais de Ensino: Araguaína, Arraias, Araguatins, Colinas, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema, Palmas, Paraíso, Pedro Afonso, Porto Nacional e Tocantinópolis. As provas (objetivas e de redação) estão marcadas para o dia 11 de outubro.

Maiores detalhes poderão ser verificados no Diário Oficial edição 2951 de 10 de agosto página 04.

Da redação com informações Secom e Cesgranrio

Por: Redação

Tags: Cesgranrio, Concurso, Educação, Tocantins