Geral

Foto: Divulgação

Foi cancelado neste segundo semestre a turma em andamento do Programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), em funcionamento na Escola de Tempo Integral Marcos Freire, no assentamento São João em Palmas.

Segundo os alunos e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais da região, o motivo alegado pela prefeitura é a falta de recursos para o transporte e a afirmação de que a turma não teria alunos suficientes para continuação das aulas.

Nesta terça-feira, 1º de setembro, durante esta manhã, o representante do Sindicato Rural, Pedrinho Alencar, grupo de alunos do EJA e o Vereador Bismarque do Movimento estão na Secretaria de Educação do Município para reunião com o Secretário da pasta Danilo Melo reivindicando a retomada das aulas.

Para Ronivon Santana, aluno do EJA “A turma tem mais de cinqüenta alunos, ou seja, mais do que o exigido pela prefeitura para continuar oferecendo as aulas”, caso não cheguem a um entendimento com o executivo municipal, “estamos disposto a entrar com ação junto ao Ministério Público Estadual” afirma o representante do Sindicato Rural.