Estado

Em nota divulgada neste sábado o governador interino do Tocantins, Carlos Henrique Gaguim (PMDB), afirma que a escolha pelos nomes que compõem a atual administração “obedeceu, exclusivamente, aos critérios da capacidade gestora de toda a equipe e compromisso de cada membro em colaborar para o desenvolvimento do Estado do Tocantins”.

A nota governamental foi divulgada depois das críticas da imprensa e líderes políticos locais, à nomeação de parentes dos deputados estaduais para compor o governo.

Carlos Gaguim também afirma na nota que não abrirá mão da constituição de um governo de coalizão, que prime pelo interesses do Estado.

Confira a nota na íntegra

GOVERNO DO TOCANTINS

NOTA OFICIAL

O atual momento político por que passa o Tocantins aumenta a responsabilidade de se constituir um Governo que, acima de tudo, preserve e sobreponha os interesses da população aos interesses particulares. E foi sob esses alicerces que o Governo Interino do Estado do Tocantins foi constituído.

Avalizado pela Justiça, assumi a interinidade do Governo do Estado. Tão logo isso deu, todos os partidos foram convidados a compor a minha equipe, independentemente de cor ou bandeira política. E assim procedi, com o único e irrestrito objetivo de fazer uma administração pautada no bem da coletividade, no bem-estar do povo tocantinense.

Não abrirei mão da constituição de um Governo de unidade, de coalizão, e que prime pelos interesses de um Estado que tem todos os atributos para ser exemplo e referência para este País. A meta é defender o exercício da democracia e o Estado de Direito, respeitando as diferenças e convergindo para o caminho do desenvolvimento e do respeito ao povo deste Estado.

A minha decisão por todos os nomes que hoje compõem a administração estadual obedeceu, exclusivamente, aos critérios da capacidade gestora de toda a equipe e compromisso de cada membro em colaborar para o desenvolvimento do Estado do Tocantins.

Como é do conhecimento público, defendo um Governo de unidade política, com acompanhamento dos atos de minha administração pelos órgãos competentes e pela própria população. Pois assim como convidei todos os partidos, também o fiz aos Poderes constituídos, a exemplo do TCE – Tribunal de Contas do Estado e TJ – Tribunal de Justiça.

Por fim, reitero o compromisso de imprimir em todos os atos de minha administração a marca da transparência e da legitimidade, sempre colocando em primeiro plano a defesa do Tocantins, um Estado que, neste momento tão delicado, necessita, antes de quaisquer resquícios políticos-partidários, da nossa força e união. Essa é a nossa bandeira.

CARLOS HENRIQUE GAGUIM

Governador Interino do Estado do Tocantins

Por: Redação

Tags: Carlos Gaguim, Estado