Geral

Foto: Koró Rocha

O direito à continuidade da contagem do tempo necessário para a progressão funcional dos servidores do Quadro Geral, da Saúde e da Educação, quando das licenças médicas superiores a 120 dias, proposto pelo Executivo, foi aprovado em sessões extraordinárias no fim da manhã desta terça-feira, dia 22. Os deputadps aprovaram também títulos de cidadania tocantinense.

O governo sugeriu modificar as leis que tratam dos Planos de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCRs) das categorias contempladas. Segundo o relator, deputado César Halum (DEM), a medida valoriza o funcionário público e o prestigia por sua competência, desempenho e conhecimento.

Quanto aos títulos de cidadania tocantinense, foram contemplados o Monsenhor Juraci Cavalcante Barbosa e a empresária Aldenora Mourão. As homenagens, relatadas pelos deputados Fábio Martins e Cacildo Vasconcelos, são de autoria do democrata Toinho Andrade.