Geral

Foto: Zezinha Carvalho

Na noite de ontem, terça-feira, 29, a Bancada Sindical da Saúde, integrada pelos Sindicatos da Saúde (Sintras), dos Farmacêuticos (Sindifato) dos Cirurgiões Dentistas (Sicideto), dos Médicos (Simed) e Enfermagem (Seet), esteve reunida com o secretário-chefe da Casa Civil, Antonio Lopes Braga Júnior e sua equipe.

Na oportunidade, o secretário tranquilizou os representantes da Saúde com relação ao acordo fechado no inicio do mês com o ex-governador Marcelo Miranda, garantindo que o mesmo será mantido. O acordo trata sobre o reajuste de 25% retirado pela Lei 1.868, pagamento da progressão vertical retroativa a março de 2008, sendo que os 25% serão pagos em duas vezes – metade em outubro deste ano, com recebimento em novembro e a outra metade, em agosto de 2010, com recebimento em setembro. O retroativo do passivo será parcelado em 36 vezes com pagamento a partir de dezembro de 2010.

Segundo Braga, a equipe interina do governo está finalizando os projetos de lei de que trata o acordo entre o governo e os sindicatos, e que deverá ser enviado para a Assembléia Legislativa para que os servidores do Estado possam receber a primeira parcela ainda em novembro.

Estiveram presentes na reunião o subsecretário da Casa Civil, Hiram Melchíades; o procurador-geral do Estado, Haroldo Rastoldo; a representante da Secad Denise Beltrame; o vice-presidente do Sintras, Neirton José de Almeida, representando o presidente Manoel Pereira de Miranda,secretario geral do sintras Altamir, o presidente do Sindfato, Renato Melo; a presidente da Seet, Lila dos Santos; o presidente do Sicideto, Cícero Guimaraes; a presidente do Simed, Janice Painkow; o assessor jurídico do Sindifato e Sintras, Marco Túlio Alvim e o presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro.

(Assessoria de Imprensa)