Geral

Foto: Koró Rocha

O deputado Sargento Aragão (PPS) se reuniu na tarde desta terça-feira, dia 13, no Plenarinho da Assembleia Legislativa com o comandante-geral da PM, coronel Joaidson Torres Albuquerque, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Admivair Borges, presidentes de Associações de Cabos e Soldados de 11 municípios e mais de 30 policiais. O encontro teve como principal objetivo discutir o requerimento de autoria do Sargento Aragão com propostas ao governo que beneficia a categoria e que deve ser votado na próxima sessão ordinária.

De acordo com Aragão, na reunião foram definidos alguns pontos que a matéria já contempla, dentre eles, o de reajuste salarial, definição de carga-horária de 180 horas, elevação de cargos de nível superior e a ainda promoção por tempo de serviço. “O nosso desejo de negociar com o governo uma forma de contemplar a categoria é antigo, mas somente agora com a abertura do Chefe do Executivo e o meu retorno a Casa de Leis através desse requerimento está sendo viável”, enfatizou.

O parlamentar destacou ainda, que a valorização dos servidores servirá para melhorar a segurança pública no Tocantins. “O nosso Estado precisa oferecer melhores condições de trabalho para os nossos policiais, que exercerão suas funções com mais dedicação. As propostaa de igualar o salário ao da categoria em Goiás e de elevar os cargos para nível superior visa, principalmente, a qualificação”, definiu Aragão.

Para o presidente da Associação de Cabos e Soldados de Colinas – ACSC, Gildevan Neves, a proposta do Sargento Aragão é uma convergência dos anseios de todo o segmento. “Acreditamos que por meio desse requerimento seremos atendidos pelo governo, pois ele tem se mostrado interessado em ouvir as nossas sugestões”, comentou o soldado.

Ficou definida uma nova reunião para às 9h, desta quarta-feira, dia 14, no Plenarinho da AL, onde as sugestões serão analisadas antes de serem enviadas para o Executivo.

Fonte: Dicom/AL