Meio Ambiente

Foto: Rejane Costa

Muito lixo e desrespeito ao meio ambiente. Este foi o cenário encontrado pelos guardas metropolitanos e agentes da brigada que participaram da ação de limpeza nas margens do Ribeirão Taquaruçu e do Lago de Palmas. A ação foi realizada durante esta quarta-feira, 21 e contou com o apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos.

Os locais visitados são pontos bastante procurados pelos banhistas e turistas nos fins de semana da Capital. “Nem sempre estes visitantes colaboram com a limpeza e manutenção destes recursos naturais. A depredação está em toda parte”, destacou o subinspetor Leônidas Castro, coordenador da Divisão Ambiental da GMP.

De acordo com Castro a GMP sempre visita os locais nos fins de semana realizando um trabalho de conscientização dos banhistas. “Esperamos que a população colabore e passe a respeitar o meio ambiente. Se cada um fizer sua parte, já é o suficiente”, frisou.

A GMP recolheu cerca de dez toneladas de lixo. Os mais encontrados foram garrafas peti, garrafas de vidro, latas de metal, pneus. O subinspetor destacou que com as chuvas todo este lixo pode parar dentro do rio, do lago ou ainda virar criadouro do mosquito da dengue.

Uma equipe do Naturatins acompanhou a ação. O órgão é parceiro da Guarda em ações da Divisão Ambiental.

 

Fonte: Ascop