Campo

Foto: Márcio Assunção
  • Foto - Fernanda Menta
  • Foto - Fernanda Menta

Com o objetivo de fortalecer a divulgação de informações sobre pragas e fiscalizar o trânsito de vegetais, fiscais e inspetores agropecuários da Adapec – Agência de Defesa Agropecuária – realizaram uma operação no Posto da Polícia Rodoviária, na TO- 050, que liga Porto Nacional a Palmas. A ação ocorreu entre as 23h desta quinta-feira e encerrou 10h desta sexta-feira, dia 23. Além da distribuição de materiais educativos, como folders, sobre pragas em vegetais, foram parados cerca de 40 caminhões, que resultaram na emissão de apenas duas autuações.

De acordo com o presidente da Adapec, José Luciano Azevedo, o número de infrações já é reflexo da operação que teve início na semana passada, quando foi necessária a aplicação de seis autuações. “A ação pretende aumentar a conscientização das pessoas sobre a importância de cumprir a legislação na produção e transporte de vegetais”, comentou.

Neste tipo de fiscalização, a equipe da Adapec verifica se os produtos estão sendo transportados com os documentos necessários, como nota fiscal, termo de conformidade, CFO - Certificado Fitossanitário de Origem e a PTV - Permissão de Trânsito Vegetal.

“Os documentos garantem a origem dos produtos e consequentemente a qualidade dos mesmos”, comenta o diretor de Defesa Vegetal da Adapec, Luís Henrique Michelin, acrescentando que verduras e frutas, sem os documentos obrigatórios, podem conter pragas, aumentando o risco de disseminação para as lavouras tocantinenses. “O trânsito irregular pode ser muito perigoso para a produção e prejudicial para a economia estadual”, afirmou.

 

Fonte: Ascom Adapec