Estado

Foto: Emerson Silva

Fundação Cultural Palmares publicou no Diário Oficial da União o registro e certificação de mais três comunidades reconhecidas como remanescentes de quilombos, são elas: Carrapato, Formiga e Ambrósio, localizadas no município de Mateiros, na região do Jalapão. No Brasil, são 1.289 comunidades com população remanescente de quilombos, onde vivem pessoas descendentes de negros e escravos.

De acordo com a diretora de Igualdade Racial e Defesa das Minorias da Secretaria da Cidadania e Justiça, Mariá Soares, com a certificação, as comunidades passam a ter direitos de serem inseridas nos programas governamentais, tanto estadual como federal.

O Estado possui atualmente 21 comunidades reconhecidas, nos municípios de Natividade, Brejinho de Nazaré, Santa Rosa, Chapada da Natividade, Porto Alegre do Tocantins, Arraias, Mateiros, São Félix do Tocantins, Santa Tereza do Tocantins, Aragominas, Filadélfia, Monte do Carmo e Dois Irmãos.

A Secretaria da Cidadania e Justiça enviou à Fundação Cultural Palmares a solicitação para obter a certificação de mais quatro comunidades, sendo uma localizada no município de Jaú do Tocantins, uma em Dianópolis e duas em Brejinho de Nazaré.

Fonte: Secom