Campo

Foto: Divulgação

A produção tocantinense de grãos para a safra 2009/2010 deve chegar a 1,6 milhão de toneladas, com atenção especial para a soja e o arroz. O número corresponde a um aumento em torno de 3%, em relação à colheita passada, com uma expectativa de 44 mil toneladas a mais. As informações são do primeiro levantamento do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em parceria com a Seagro - Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Em relação à área de plantio, a estimativa é proporcional à produção, o que deve aumentar de 581 mil hectares para 602 mil hectares em comparação à safra 2008/2009. A soja continua sendo a cultura de maior produção e área. A expectativa é para um crescimento de 6,4%, correspondendo a 921,9 mil toneladas, ultrapassando as 866,5 mil toneladas da safra passada.

A produção agrícola também é significativa para o plantio do arroz. A meta para a próxima colheita é aumentar de 376 mil toneladas para 386 mil toneladas, correspondendo um incremento de 3,4 % na produção.

Segundo o gerente de Grãos da Diretoria de Produção Vegetal da Seagro, José Waltex, o fato de os produtores ainda estarem plantando a soja e o arroz irrigado significa que a produção e área podem chegar a um aumento de 10%. “Esse crescimento é resultado de vários fatores ligados às condições climáticas, como período chuvoso adequado, redução dos preços dos insumos (adubos) e melhores condições na comercialização dos grãos”, enfatizou.

Regiões de plantio

O Tocantins possui áreas de plantio para diferentes culturas. No caso da soja, as maiores áreas produtoras estão situadas nos municípios de Campos Lindos, Dianópolis, Mateiros(região divisa com a Bahia), Pedro Afonso e região de Porto Nacional (Silvanópolis e Santa Rosa do Tocantins, Monte do Carmo). Já para a cultura do arroz de sequeiro prevalece a região Central do Estado. O arroz irrigado, nas regiões de várzeas, é outra cultura em ascensão. O grão é cultivado em Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Dueré e Pium.

Fonte: Secom