Geral

Em nota divulgada nesta terça-feira, 22, a diretoria de Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins lamentou o falecimento do enfermeiro Raimundo da Cunha Barros, popularmente conhecido como Doquinha.

O enfermeiro foi encontrado morto na madrugada da segunda-feira, em Porto Nacional, no setor Imperial, e possuía marcas de violência no corpo.

Confira a Nota

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins (Sintras-TO) está de luto pelo falecimento do enfermeiro Raimundo da Cunha Barros, mais conhecido como Doquinha, de Porto Nacional.

A diretoria do Sintras se solidariza com sua família e entes queridos nesta hora, pois todos sabemos que ele deixará saudades por seu carisma, amizade e luta em prol de uma enfermagem melhor, não somente em Porto Nacional, mas também em todo o Estado.

E devemos lembrar sempre que aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós.

Por: Redação

Tags: Homofobia, LGBT, Porto Nacional, Sintras, Violência