Economia

As regiões Norte e Nordeste tiveram maiores quedas na demanda por crédito ao longo de 2009, apontou o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, divulgado nesta segunda-feira (11).

Por concentrar consumidores de mais baixa renda em relação às demais regiões do País, o Nordeste registrou queda de -2,2% no número de pessoas que recorreram ao crédito junto a bancos, financeiras, crediários e cartões de crédito. No Norte, a diminuição foi de -2,0%. A taxa nacional de queda no crédito foi de -1,2%.

Os técnicos do Serasa lembram que, em geral, os consumidores de mais baixa renda não costumam possuir reservas que sirvam de amortecedores em momentos de crise, como ocorreu no final de 2008 e início de 2009. Assim, por serem mais vulneráveis, acabam por se retrair de maneira mais intensa ao consumo financiado.

Única alta

A única região que apresentou alta na demanda do crédito no País em 2009 foi a Centro-Oeste, onde 0,6% mais consumidores buscaram crédito no acumulado do ano. No Sul, a demanda se manteve igual à do ano passado, enquanto o Sudeste apresentou a terceira maior queda: -1,5%.

Indicador

Lançado em 2009 pela Serasa Experian, o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito mede a procura por crédito das pessoas físicas durante um determinado mês. A base de dados é formada por cerca de 11,5 milhões de CPFs.

Fonte: InfoMoney

Por: Redação

Tags: Economia, Serasa