Meio Ambiente

Foto: Divulgação

A Unidade Regional do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins de Araguaina, na região Norte do Estado, vem desenvolvendo intensos trabalhos de fiscalização em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal na BR-153, com o intuito de coibir o transporte irregular de produtos florestais, cargas perigosas e pescado, durante a piracema. Entre os dias 19 a 26, a Unidade apreendeu um total de 76 metros cúbicos de madeira.

A mais recente apreensão aconteceu nos dias 25 e 26, quando foram apreendidos dois veículos transportando 36,1082 metros cúbicos de maneira ilegal. O primeiro veículo vinha de Pacajá (PA) com destino Anápolis (GO). O segundo era proveniente de Tucuruí (PA) e se deslocava para Rianápolis (GO).

Os infratores foram multados em R$ 10.832,46 cada. Após os procedimentos administrativos, os veículos e as cargas foram entregues na Delegacia de Plantão de Araguaína para abertura do processo judicial.

Outra ação que se soma aos resultados da operação aconteceu no dia 19 com a apreensão de 40,078 metros cúbicos madeira. O veículo vinha de Belém (PA) e tinha como destino o município de Valparaíso (GO). O transportador e a madeireira também foram autuado em R.023,40 cada.

"A intenção é realizar com sucesso nossa missão, que é coibir os crimes ambientais. Estaremos dando continuidade ao trabalho junto com a Polícia Rodoviária Federal no intuito de evitar que os crimes continuem ocorrendo na BR-153 no perímetro da Unidade Regional de Araguaina", conclui a gerente regional Aída Maria Bonfim Leite.

Nas regionais de Alvorada, Paraíso do Tocantins e Pedro Afonso, o Naturatins também em parceria com a PRF, conseguiu apreender, entre os dias 20 e 23 nos postos de fiscalização da BR – 153 nos municípios de Alvorada, Paraíso e Guaraí, 45 metros cúbicos de madeira irregulares

Fonte: Secom