Meio Ambiente

Foto: Edvânia Peregrini

Preservar a belezas naturais, conscientizando os visitantes sobre o uso ordenado e sustentável dos atrativos turísticos da região Jalapão. Este foi o objetivo da Operação S.O.S Jalapão empreendida pelas equipes de educação Ambiental e Fiscalização do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins em parceria com a Cipama – Companhia Independente da Policia Militar Ambiental. A ação conjunta iniciou na manhã do sábado, 13, e se estendeu até o final do feriado de terça-feira, 16.

A operação foi uma iniciativa da Coordenadoria de Áreas Protegidas do Naturatins para dar suporte à equipe do Parque Estadual do Jalapão durante o feriado prolongado onde há maior fluxo de visitantes. Para orientar e sensibilizar os turistas, a ação contou com uma equipe composta por 21 pessoas, dentre eles educadores, fiscais, agentes policiais e motoristas, que se dividiram em grupos para orientar os turistas e fiscalizar possíveis irregularidades nos atrativos da região.

No primeiro dia, a equipe se deslocou para as rodovias de acesso à cidade de Mateiros e aos atrativos para orientar os visitantes que chegavam para o feriado prolongado. Dentre as abordagens os técnicos orientaram sobre a destinação do lixo, prevenção às queimadas, conservação dos mananciais e cuidados específicos de cada atrativo, como a capacidade de carga do Fervedouro, as trilhas de acesso às Dunas entre outros.

Nos dias seguintes a equipe se dividiu em quatro grupos permanecendo nos pontos turísticos mais visitados, um deles na Cachoeira da Velha e Prainha, outro no Fervedouro, outro na Cachoeira da Formiga, e nas Dunas e Rio Novo.

Além deste trabalho a equipe do PEJ ministrou palestras nas noites de sábado e domingo no CAT - Centro de Atendimento ao Turista. Na ocasião, os visitantes presentes receberam uma apresentação do Parque, dos pontos turísticos e da cultura local.

Outro trabalho realizado pelas equipes foi a coleta de lixos lançados por visitantes nas estradas de acessos aos pontos turísticos. Em um dia a equipe recolheu garrafas pets, latas de refrigerantes e cervejas, sacos plásticos, entre outros.

Durante os trabalhos, o casal carioca, Clarice Lamb e Adriano Viana, ressaltaram a importância do trabalho educativo para preservar a região e falaram da emoção de conhecer a Comunidade Mumbuca, onde conheceram o artesanato de capim dourado e assistiram à apresentação de dança da comunidade Quilombola, além de conhecer os atrativos naturais.

Dentre os visitantes, haviam pessoas de diversas regiões, como São Paulo, Brasília e Curitiba, Rio de Janeiro e também tocantinenses. Cerca de 600 pessoas optaram por um carnaval mais “Natureza”, como ciclistas, motociclistas e jipeiros, todos desfrutando e apreciando as belezas naturais encontradas no Jalapão.

Fonte: Ascom Naturatins