Polí­tica

Foto: Koró Rocha

O deputado Stalin Bucar (PR) disparou nesta terça-feira, 23, durante pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, contra a movimentação de pré-campanha do ex-governador Siqueira Campos (PSDB) ao Palácio Araguaia.

O parlamentar republicano citou a contratação do marketeiro Duda Mendonça para comandar a campanha do tucano. De acordo com o deputado, Siqueira Campos já é um homem conhecido no Estado e não necessitaria um marketeiro de R$ 20 milhões. “Quem vai pagar?” indagou o deputado no púlpito do plenário, lembrando que Mendonça chegou à Palmas de jatinho particular.

Bucar se mostrou preocupado com o que chamou de “suposta” candidaturas à cargos públicos que já estão sendo pagas pelos cofres públicos. Segundo o deputado, “não é mais possível que campanhas sejam pagas com dinheiro do contribuinte”.

Para combater este tipo de ação, o deputado republicano pediu ação direta da Ordem dos Advogados do Brasil. De acordo ele, “é necessário que a OAB comece a se preocupar e observar essa fortuna que é gasta em campanhas”.

O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Júnior Coimbra (PMDB) citou em seu discurso no plenário que existem 3 aeronaves pousadas no Aeroporto de Palmas - 1 jato e dois aviões de grande porte, que teriam trazido a equipe do marketeiro de Siqueira Campos. De acordo com o parlamentar, o fretamento desses aviões custariam cerca de R$ 150 mil reais, além dos R$ 20 milhões já gastos com o profissional do marketing político.

Coimbra também questionou a origem deste dinheiro gasto antes mesmo do começo da campanha eleitoral. “De onde vem esse dinheiro? Vem das malas que ele (Siqueira Campos) guardou de quando ainda era governador, ou de empresários tocantinenses?” o peemedebista lembrou que ambas as fontes de arrecadação são ilegais.

Tanto Júnior Coimbra quanto o deputado Paulo Roberto Ribeiro (PR) fizeram coro com Stalin Bucar ao dizer que todos no Tocantins já conhecem a origem truculenta de Siqueira Campos e que não seria Duda Mendonça que conseguiria mudar essa imagem do ex-governador.