Geral

Foto: Divulgação

A deputada Luana Ribeiro (PR) recebeu em seu gabinete, na manhã desta quarta-feira, 10, a presidente da Organização Não – Governamental Mistério Ocular – a serviço do ser humano de Araguatins, Jacira Torres Fernandes, que veio apresentar o projeto da instituição e buscar apoio da parlamentar à causa dos que foram acometidas de uma lesão ocular de origem desconhecida naquele município.

A idéia da criação da ONG, segundo Jacira, surgiu após a gravação das filmagens do filme “O mistério do Globo Ocular”, de Wherbert Araújo, representante tocantinense do projeto DocTv, do Ministério da Cultura. “O meu irmão foi um dos contaminados mais graves, perdeu a visão e ficou com defeito facial e sofre muito preconceito com o que ocorreu”, explica ressaltando que se para ela, que trabalhava na área da saúde há 15 anos, foi difícil conseguir tratamento adequado, com os outros deve ter sido muito pior. “Por eu não ter gritado mais na época, decidi montar a ONG”.

Segundo Jacira, a ONG conta com 14 pessoas que andam de casa em casa, levando colírios para os atingidos e vendendo camisetas para suprir as despesas da entidade. “A ONG funciona com doação”. Ela lembra ainda que a intenção e conseguir montar um laboratório, um consultório oftalmológico e ter um médico à disposição. “Precisamos de uma estrutura para cuidar dessas crianças. Com a ONG elas não vão ter contato com o rio, porque vão passar um período na escola e a outra na ONG”.

A deputada Luana Ribeiro, que já tem conhecimento do caso e já assistiu ao documentário, disse que está pronta para ajudar a ONG e os acometidos com a doença. Ela afirmou ainda que entrará em contato com assessores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e do senador João Ribeiro (PR) para que se possa mobilizar, também, o governo federal sobre o problema da população araguatinense.

Ainda na sessão desta quarta-feira, Luana Ribeiro apresentará um requerimento ao presidente da Assembleia Legislativa para que o filme “O Mistério do Globo Ocular” possa ser exibido na Casa de Leis. A iniciativa é para que todos os parlamentares possam tomar conhecimento da dimensão do problema, já que de acordo com Jacira, as pessoas continuam sendo atingidas pela doença.

Fonte: Assessoria de Imprensa