Geral

Foto: Esequias Araújo

O Governo do Estado do Tocantins entregou nesta sexta-feira, 9, os contratos de alienação de áreas no Distrito Industrial Tocantins I, localizado na quadra ASR-NE 55, em Palmas. O distrito, que já está funcionando parcialmente, recebeu um reforço de mais 41 empresários, que a partir de agora contam com as escrituras de seus lotes e poderão buscar financiamentos e recursos para dar início às suas atividades. A solenidade aconteceu na seda da Secretaria da Indústria e Comércio, em Palmas, com a presença do governador Carlos Henrique Gaguim.

Os termos de compromisso de compra e venda, entregues aos empresários pelo governador Carlos Gaguim, juntamente com o prefeito de Palmas, Raul Filho, e o secretário estadual da Indústria e Comércio, João Telmo Valduga, são mais uma ação de governo em favor da industrialização do Estado. Na ocasião, o governador anunciou a cessão de cerca de 150 lotes na Quadra ASR-NE 65, que são de propriedade do Estado, para a Prefeitura de Palmas destinar à segunda etapa do Distrito Industrial.

Os termos de compromisso de compra e venda dos lotes beneficiam, nesta etapa, 41 empresários de segmentos diversos a exemplos de esquadrias, alimentos, móveis, estruturas metálicas, joalheria e ourivesaria, medicamentos, bebidas, higiene e limpeza, adubos e fertilizantes e gestão empresarial. Dos 237 lotes que compõem o distrito, cerca de 100 já tiveram suas escrituras entregues.

R$ 1 Bilhão

“Até julho queremos entregar o asfalto do distrito pronto para esses empresários e com as escrituras em mãos, os empresários poderão acessar crédito para desenvolver a indústria na capital e no Tocantins. Para se ter uma ideia, só o Banco da Amazônia tem R$ 1 bilhão em recursos disponíveis para os nossos empresários”, pontua o governador. Ele defendeu ainda o apoio do Estado aos empresários locais. “Assim como atendemos as empresas de fora, que estão vindo se instalar aqui no Estado, temos também que atender os empresários no Tocantins”, afirma.

De acordo com o secretário Valduga, os contratos representam o início das atividades de dezenas de empresas, assim como a geração de milhares de empregos diretos para os tocantinenses. “Quando estiver operando toda a sua capacidade, os distrito industriais Tocantins I e II empregarão cerca de 4 mil pessoas, além de ser uma atividade que agrega valor aos nossos produtos”, destaca o secretário.

Para o presidente da Associação dos Empresários que compõem o Distrito Industrial Tocantins I, João Kleber, a entrega dos contratos é mais uma motivação para as indústrias instaladas. “Agora os empresários começam a acessar suas áreas e alavancar, de fato, a atividade industrial em Palmas”, ressalta.

Distrito

O Distrito Industrial Tocantins I, localizado na ASR-NE 55, na região norte da capital, vai abrigar cerca de 120 empresas e gerar aproximadamente 2 mil empregos diretos. O Distrito conta com investimentos na ordem de R$ 96 milhões. Desse total, R$ 11 milhões são recursos do governo estadual destinados à infraestrutura, somados aos mais R$ 85 milhões em investimentos privados. No local estão sendo disponibilizados 237 lotes, dos quais 181 estão com projetos aprovados pelo CDE – Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico.

 

Fonte: Secom