Polí­tica

Foto: Esequias Araújo

O governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) na manhã desta terça-feira, 1º, falou sobre o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade 4125 que trata da demissão de servidores comissionados na máquina administrativa. Durante entrega de ambulâncias e na presença de vários prefeitos e funcionários o governador afirmou que vai tentar em Brasília impedir as demissões.

Gaguim embarca para a capital federal ainda na manhã de hoje onde pretende junto com os advogados da Procuradoria Geral do Estado mostrar todas as ações que o governo tem feito para reduzir o número de cargos de comissão. “Eu vou lutar dia e noite para que os servidores não sejam demitidos”, frisou. “Se isso acontecer vai virar um caos e colapso no Estado”, disse.

O governador disse que não trabalhar com a hipótese de demissão dos funcionários. “Não trabalho com essa hipótese, me preocupo é em mostrar o que estamos fazendo e que o Estado dá conta de pagar os servidores”, disse em entrevista. Gaguim desconversou sobre a preparação de uma nova lei para recontratar os servidores.

O governador subiu o tom para falar da autoria da Ação. “É claro que todo mundo sabe que foi o PSDB que pediu as demissões”, frisou, completando ainda que o partido agiu por questões políticas sem pensar nos servidores.

“A culpa não é de Deus nem do governador Gaguim e todo mundo sabe”, disse. O governador garantiu que todos os servidores estão trabalhando. “Não são servidores fantasmas não, fantasmas são esses aviões que estão andando no Estado 24 horas”, afirmou.

Enxugamento

Gaguim falou ainda das medidas que o governo está tomando desde que ele assumiu. “Já enxugamos mais de 10 mil cargos que poderiam ser usados”, salientou. O governador disse também que tem mais de 30 mil pedidos de contratação mas não tem atendido. “ Fizemos em alguns casos substituições para manter a máquina pública”, disse.

O governador falou sem citar nomes que a ação partiu do ex-governador e pré-candidato ao governo, Siqueira Campos (PSDB). “O Estado não é dele, parece que ele nunca governou esse Estado”, afirmou.

Acelera Tocantins

O governador rebateu ainda as críticas feitas pela senadora Kátia Abreu (DEM) na televisão e durante coletivas à imprensa. Kátia questionou as ações do Acelera Tocantins nos municípios. “Estou plantando com responsabilidade não estou enganando”, afirmou. A senadora chama o governador de aventureiro. “Não estou fazendo aventura, vou me aventurar é minha vida inteira por esse Estado”, afirmou.

Gaguim, que já visitou 130 municípios, afirmou que não falou de política em nenhuma cidade. “ Não teve um município no qual eu pedi voto para deputado nem para mim”, disse. Hoje, foram entregue ambulâncias para 20 municípios, todas com ar condicionado. Em breve cerca de 3 mil Pioneiros Mirins vão receber cada um, uma bicicleta.