Geral

Foto: Divulgação Presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro Presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro

Em entrevista ao Conexão Tocantins, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Cleiton Pinheiro afirmou que o PSDB quer tirar a liberdade de expressão dos sindicatos que iniciaram mobilização contra a demissão de mais de 21 mil comissionados através da Ação Direta de Inconstitucionalidade impetrada pelo partido em 2008.

“Lamento a atitude do PSDB de mais uma vez mostrar a forma de atuação do partido tirando o direito de liberdade de expressão”, afirmou se referindo às ações que o partido entrou no Tribunal Regional Eleitoral alegando propaganda extemporânea contra o candidato ao governo Siqueira Campos (PSDB).

O presidente lembrou da carta que o Sisepe junto com outros cinco sindicatos fizeram criticando a postura do ex-governador e o tratamento do servidor na gestão dele. Nesse sentido Cleiton desafiou Siqueira. “ Se Siqueira provar que algum dos argumentos elencados na carta não são verdade ou estão em excesso eu vou em público reconhecer “, frisou. “Estamos falando de fatos”, completou.

Cleiton diz que ainda não foi notificado sobre a liminar que determina a retirada da peça publicitária que estava veiculando em alguns veículos de comunicação e que culpa o PSDB pelas possíveis demissões dos comissionados. “Realmente com isso o PSDB está agindo de forma política. O Sindicato tem sua forma de justificar tudo para o TRE. O sindicato não tem interesses políticos”, conta.

Atuação

O presidente negou vínculo das manifestações dos servidores com o governo do Estado e ainda para prejudicar a imagem do pré-candidato do PSDB. “O Sisepe atua independentemente de período eleitoral”, disse.