Geral

Foto: Divulgação

O presidente regional do PP, deputado federal Lázaro Botelho em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta terça-feira, 6, afirmou que conversa com o vereador de Palmas, Aurismar Cavalcante e ainda o ex-vice-governador Raimundo do Boi para que eles sigam o partido e apóiem a candidatura à reeleição do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB).

“Existe essa possibilidade”, afirmou o presidente. Cavalcante e Raimundo Boi continuam da base de apoio do ex-governador e pré-candidato da coligação Tocantins Levado à Sério, Siqueira Campos (PSDB). “Por enquanto eles são Siqueiristas”, afirmou o deputado ao Conexão Tocantins.

Botelho conta que para os dois membros do partido será “difícil” fazer campanha sem subir em nenhum palanque. “Eles não podem subir em nenhum palanque aí fica uma campanha muito restrita”, disse.

Os dois tiveram candidatura registrada nesta segunda, 5, no Tribunal Regional Eleitoral. Para Botelho, os pepistas precisarão se agregar à sigla. A ex-prefeita de Araguaina, Valderez Castelo Branco (PP) é a indicada á vice na coligação Força do Povo.

Falando ainda de apoio de membros do PP ao governador, Botelho afirmou que dos seis prefeitos da legenda, três ainda decidem e podem declarar apoio a Gaguim. “Ainda falta uma definição e acabar de conversar”, disse.

Botelho fala dos prefeitos de Filadélfia, Cléber Gomes Espírito Santo, de Xambioá, Ione Leite e de Santa Teresinha, Kleibson Belarmino de Sousa, todos ligados ao grupo do ex-governador.

O presidente do PP frisa que conversa com os gestores sem pressão para que a mudança de grupo da sigla seja feita gradativamente.

Candidaturas

Além de Valderez para vice, o partido indicou o deputado estadual Cacildo Vasconcelos junto com Botelho para federal. Para tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa estão dentre os nomes indicados Raimundo Palito que tenta reeleição e também o vice-prefeito de Gurupi, Carlos Barcelos.