Estado

O Procon Tocantins lembra aos consumidores alguns cuidados que devem tomar no momento da compra de alimentos. Estes são produtos essenciais cuja qualidade interfere diretamente na saúde do consumidor. O primeiro passo é observar a data de validade dos todos os produtos alimentícios. Os consumidores devem evitar as embalagens amassadas, folhas murchas ou secas e ficar atentos para a cor dos alimentos, aparência e cheiro.

Nas embalagens de vidros é necessário observar a tampa se está enferrujada ou amassada.No caso dos laticínios ou frios, estes devem conter o carimbo do SIF – Serviço de Inspeção Federal, fornecido pelo Ministério da Agricultura. Os sucos de frutas classificados como ‘diets’ e ‘lights’, em sua maioria contém frutose (açúcar da fruta) e o seu consumo pode interferir no tratamento de pessoas com diabete.

Os alimentos in natura, os chamados naturais, como o peixe, ovos, e carnes, na compra desse tipo de alimento é necessário que se observem o seu aspecto, a data de validade e se contém o nome do fornecedor e carimbos dos serviços de inspeção.Alimentos mal conservados podem provocar intoxicação alimentar e se isso ocorrer, o consumidor terá direito a indenização.

Dúvidas e mais informações, os consumidores poderão buscar no Núcleo Regional de Atendimento do Procon mais próximo.O Código de Proteção e Defesa do Consumidor, no seu artigo nº 18, diz que: “os fornecedores de produtos de consumos duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo que se destinam ou lhes diminuem o valor, assim como, por aqueles decorrentes da disparidade, com as indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas”.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Procon

Por: Redação

Tags: Código de Defesa do Consumidor, Procon