Estado

O Grupo Especial de Combate as Operações Criminosas (Gecoc), do Ministério Público Estadual, investiga uma ameaça de atentado ao Fórum de Gurupi, sul do Estado. A investigação teve início a partir de um email encaminhadoao MPE, comunicando que nesta quarta – feira, 25, iriam “explodir cinco bombas, colocadas em locais estratégicos no Fórum de Gurupi, as 10hh30”. Neste horário citado no email, estava prevista a reinauguração do Fórum da cidade, com a presença da Presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins.

Ao tomar conhecimento do suposto atentado, o procurador geral de justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, imediatamente acionou o Comando de Operações Especiais da Polícia Militar (COE) e o Grupo Especial de Operações Táticas Especiais (GOTE), para que fosse feita uma vistoria no Fórum e proximidades. Ao mesmo tempo em que os policiais cumpriam a diligência, os peritos do GECOC rastrearam o email e constataram que a denúncia enviada ao MPE partiu de um computador que pertence ao servidor do Tribunal de Justiça.

“Na digiligência da polícia não foi encontrada nenhuma bomba e muito menos vestígios, mas provavelmente o autor do email queria alarmar e desviar o foco do evento. Tentativa que foi frustrada. O GECOC continua as investigações e já informações precisas sobre o envio do email” disse o Promotor de Justiça, Nilomar dos Santos Farias – coordenador do GECOC. Outras informações só poderão ser divulgadas no fim das investigações.

Fonte: Ascom MPE