Polí­tica

Foto: Divulgação/ TRE

O Juiz Marcelo César Cordeiro, na sessão plenária desta terça-feira, 24 de agosto, informou seu afastamento do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) até o dia 5 de outubro de 2010, nos termos do art. 40 da Resolução TSE nº 23.193/2009 e também em razão da Representação nº 22.759/2010, através de requerimento dirigido ao excelentíssimo senhor presidente desembargador José de Moura Filho.

Marcelo Cordeiro justificou o seu pedido pelas constantes representações que vem sofrendo junto ao TSE e CNJ, em razão de seu relacionamento afetivo com a senadora Kátia Abreu (DEM).

“Em que pese a fundamentação de tais representações e arguições de suspeição e impedimento tomarem sempre por base argumentos falsos, creio que no conjunto de intrigas políticas a que o Estado está submetido, no presente processo eleitoral, se torna inócua a discussão sobre o malfadado argumento, que se for o caso será discutido em ação própria em outro momento”, argumentou o juiz.

Assim, embora não reconheça o seu impedimento, requereu o afastamento temporário até a apuração da Eleição.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ TRE