Polí­tica

Foto: Divulgação/ Jornal A Notícia Em nota, Prefeitura nega envolvimento de prefeito em repasse de cestas básicas Em nota, Prefeitura nega envolvimento de prefeito em repasse de cestas básicas

O prefeito de Gurupi, sul do Estado,Alexandre Abdalla (PR) encaminhou ao Conexão Tocantins uma nota inde rebate algumas declarações do governador e candidato à reeleição Carlos Henrique Gaguim (PMDB).

Abdalla, que apoia a candidatura do ex-governador Siqueira Campos (PSDB) acusa o governo de fazer governo paralelo no município.

Veja na íntegra a nota encaminhada pelo prefeito Alexandre Abdalla :

Sobre as declarações do candidato Gaguim

O debate em torno da falta de ação do governo do Estado do Tocantins envolvendo o Sul do Tocantins está presente no quotidiano das vidas das pessoas que moram na região.

No debate que aconteceu na noite desta quarta-feira, 25, promovido pelo Diretório Central dos Estudantes da Unirg, o candidato ao governo do Tocantins, Carlos Gaguim, na intenção de desviar o foco das responsabilidades do Estado com a região, acusou o município de Gurupi de está impedido a celebrar convênios com o Estado por causa de inadimplência com o Governo Federal.

Caso procedesse tal afirmação, o município não poderia celebrar convênios de realização de obras como Upa 24 horas, sede do Samu, Duplicação da BR-153, Campos de Futebol, Centro Olímpio, Creche, Pavimentação Asfálticas e Ceasa. Tudo isso, minha boa gente, em parceria com o governo Federal.

Diante ao argumento de inadimplência, o governador ressuscita a famigerada intenção de fazer governo paralelo em Gurupi. Como ele afirmara no debate a sua intenção é promover parceria por meio de convênio com as instituições sociais. Possivelmente, devem ser aquelas administradas por alguns deputados do seu grupo.

Não é a primeira vez que o governador Gaguim vem com estes artifícios. Em junho deste ano ele noticiou nos principais jornais do Estado que eu teria o acusado de ter abandonado o município. Para não prejudicar a relação institucional entre os governos agradecemos por ele ter antecipado as emendas de bancada federal (dinheiro federal) para a realização do Carnaval e pela construção do Hospital de Referência de Gurupi (HRG) — que até hoje não aconteceu. Ao aproximar as eleições e sem ter dinheiro para pagar a dívida do Próeducar com a Unirg, de última hora, resolveu transformar o projeto do HRG de R$ 150 milhões em Hospital Universitário.

Se o governo do Tocantins não fez o que deveria ter feito pelo município e região. Não adianta agora, nas vésperas de eleições, desviar o foco das responsabilidades apontando o dedo ou encontrando um bode expiatório.

Alexandre Abdalla

Prefeito de Gurupi