Estado

O prefeito Alexandre Abdalla reuniu no início da tarde desta segunda-feira na Fazenda Boa Vista pequenos e médios proprietários de terra na região do Distrito do Trevo da Praia, cerca de 60 quilômetros de Gurupi, para noticiar construções e melhoramento de cerca de 70 cacimbas.

Segundo os moradores da região, os prejuízos causados pela falta de chuvas e pelas constantes queimadas nas propriedades afetam não só os animais, mas também a qualidade de vida das pessoas que ali vivem. “Estamos pegando água na vizinha. A nossa cisterna secou. A falta de água está muito pior do que no ano passado”, disse a proprietária da Fazenda Retiro, Genoveva Pereira Maia.

Na região praticamente todos os córregos secaram e em muitas propriedades os animais estão bebendo água de cisternas. “Estamos sofrendo muito. Quando comprei minha terra era moradia de jacaré e agora pode acender fogo dentro do córrego. Os bichos estão desesperados”, disse a proprietária da Fazenda Cabeceira Verde, Maria José Coelho dos Santos, de 76 anos. Dona Maria falou também sobre a importância das cacimbas feitas pela Prefeitura de Gurupi na região. “Estamos pegando água á 6 km. Nas outras vezes só vinham para os ricos e nós não podíamos contar. Era só promessa. Estou satisfeita com a Prefeitura que vai resolver o nosso problema”, acrescentou.

O prefeito Alexandre Abdalla falou que a situação é grave e exige ação de emergência. Informou ainda que os pequenos produtores e assentamento são os que mais sofrem por não terem condições de alugar uma máquina para melhorar as cacimbas existentes ou construir uma nova. “Nossas máquinas (Retro Escavadeiras) juntamente com os nossos operadores estarão a partir de hoje a disposição dos produtores rurais. Vamos dar prioridades para as propriedades que estão em piores situação para evitar que os animais morram de sede nesta fase de estiagem”, disse o prefeito que em seguida se comprometeu construir um Poço semi-artesiano na região do Sobradinho.

A seca atingiu também o assentamento Serrinha. De acordo com o presidente do Assentamento, Edvaldo da Costa, a falta de chuva coloca em risco a vida dos animais. “A coisa está feia, está precária. Tem gente puxando água na cisterna para dar para o gado. Com fé em Deus as coisas vão melhorar”, disse.

O proprietário da Fazenda Boa Vista, Lusmar Soares Filho, disse que a situação é tão grave que as pessoas não podem sair das suas propriedade sob o risco de perder os animais. “Tem muita gente que não pode sair porque tem que ficar dando água para os animais. Para ter uma idéia os córregos Gameleira, Prata, Castanha, Poção, Enseada e o Morro Solteiro estão todos secos. Só tem água na beira dos rios Tocantins e Santo Antônio”, disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Gurupi

Por: Redação

Tags: Gurupi, Trevo da Praia