Geral

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação promove neste sábado, 04, uma assembleia geral com os trabalhadores da rede municipal de Palmas sobre o reajuste salarial da categoria. A assembleia acontece a partir das 10 horas na sede do sindicato na quadra 110 Norte.

Os trabalhadores vão tratar sobre o reajuste salarial da categoria junto à Secretaria Municipal de Educação e decidirão no evento se irão ou não paralisar as suas atividades.

Os educadores da rede de ensino de Palmas já estão em estado de greve desde o mês de maio, quando começaram as negociações pelo reajuste. Foram realizadas assembleias regionais para informar a categoria sobre as negociações.

Os educadores de Palmas querem um reajuste salarial de 32%, índice viável apontado após estudo técnico elaborado pelo Dieese, que assessora o Sintet, além da incorporação das gratificações.

Os professores também denunciam, segundo a assessoria do Sintet, uma possível pressão psicológica sofrida nas escolas (especialmente relacionada à gratificação), interferências políticas e carga horária excessiva, além de outros temas.

A categoria também estudou a minuta de reforma do Plano de Cargos, Carreira e Salários - PCCS, cujas propostas foram enviadas à Secretaria Municipal de Educação por meio dos representantes do sindicato na comissão de avaliação e reforma do PCCS.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Sintet

Por: Redação

Tags: 110 Norte, Funcionário Público, PCCS, Sintet