Estado

Foto: Marcio Vieira/ Secom

O governador Carlos Henrique Gaguim e o ministro da Integração Nacional, João Reis Santana Filho, assinaram na tarde desta quarta-feira, 15, dois convênios que viabilizam recursos para atendimento de demandas urgentes para o Tocantins.

O primeiro convênio garante os recursos para a conclusão da ponte que liga Palmas e Lajeado à cidade de Miracema e, o segundo, destina recursos para a contratação de 200 novos brigadistas que atuarão no combate às queimadas no Tocantins.

O recurso para o combate às queimadas foi empenhado na terça-feira, 14, através da Nota de Empenho 2010NE000614 e, de acordo com o ministro, deverá estar na conta do Governo Estadual na próxima sexta-feira, 17.

Queimadas

Após a assinatura dos convênios, o governador lançou o edital do processo seletivo para a contratação dos brigadistas. O documento será publicado no Diário Oficial do Estado, nesta quarta-feira, 15. Gaguim também falou das ações e projetos para combater as queimadas no Tocantins.

“Durante 20 anos os Estado vem tentando resolver o problema das queimadas de forma improvisada. Nós estamos planejando ações emergenciais, mas já fazendo um planejamento preventivo para os próximos anos, assinando convênios para equipar a nossa Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, além de capacitar brigadistas para lidar com essas situações de emergência”, afirmou o governador, acrescentando que existem dois projetos em andamento que visam garantir os recursos necessários para equipar o Corpo de Bombeiros e investir em ações de prevenção

O ministro elogiou a iniciativa do Governo do Estado e ressaltou que o Tocantins será o primeiro estado brasileiro a possuir um plano preventivo de queimadas. “O Tocantins sairá na frente nesse quesito e isso prova que o Governo do Estado está preocupado em planejar suas ações e evitar situações de risco para o seu povo”, enfatizou.

Ponte

Sobre a ponte que liga Miracema a Palmas e Lajeado, Carlos Gaguim disse que a obra deve está pronta para inaugurar em aproximadamente um ano, ou seja, até o final de 2011. “Queremos concluir a obra o quanto antes e garantir mais facilidade para as pessoas que dependem desse trajeto para trabalhar e viver”, afirmou o governador.

A ponte sobre o rio Tocantins, ligando Palmas a Miracema, foi iniciada em dezembro de 2009 e encontra-se com 33% de seu total concluído. Com 609,12 metros de extensão, a obra está orçada em R$ 95,8 milhões, oriundos do Governo Federal (Ministério da Integração Nacional) e contrapartida estadual.

Com a sua conclusão, cujo prazo contratual é de dois anos, a expectativa é de transformação do cenário da região, trazendo maior facilidade e rapidez no escoamento da produção e travessia humana, serviços há muitos anos prestados somente por meio de balsas.

Fonte: Secom