Polí­tica

Foto: Divulgação

A prefeitura de Aliança do Tocantins através da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social realizou a troca de faixas e entrega de medalhas aos beneficiários do PETI e Pioneiros Mirins que estão participando do Projeto Ciranda do Karatê.

O evento contou com a presença do prefeito José Rodrigues, da primeira dama Sideivan Neres, da secretária de Desenvolvimento e Assistência Social Sonja Cáthia, do Secretário de Educação Eloisio Antonio Worsth, da presidente do CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social Aracy Rocha Aguiar, da coordenadora do PETI Benavenuta, da coordenadora dos Pioneiros Mirins Sayonara de Morais, familiares dos beneficiários e diversas pessoas da comunidade.

Após a execução do Hino Nacional sob à regência do maestro Subtenente Genivan Ribeiro Dias, as autoridades falaram da importância do projeto. Em seguida o Sensei Genival Roque Ribeiro entregou as faixas amarelas aos novos karatecas que na ocasião vivenciavam a primeira graduação. Esse momento foi seguido de uma apresentação sincronizada brindando a todos os presentes com os ensinamentos ministrados pelo sensei que compõe a etapa inicial do Karatê, denominado primeiro katá.

A emoção e a felicidade dos familiares dos beneficiários ficaram evidentes quando a seguir foram entregues medalhas de ouro, prata e bronze condecorando os integrantes do projeto pelo desempenho, disciplina, dedicação e assiduidade, ao karatê, aos programas sociais, a vida escolar e no meio familiar.

O prefeito de Aliança do Tocantins José Rodrigues se mostrou feliz e emocionado com os primeiros resultados do Projeto Ciranda do Karatê. “Sempre sonhava e foi proposta minha de campanha fazer um governo diferente e vejo agora que os primeiros passos já estão sendo dados com o Projeto Ciranda do Karatê”. O prefeito destacou, ainda, que a Assistência Social e o professor Roque mostram uma dedicação que dignificam a sua gestão. “Esse trabalho certamente trará a essas crianças o sentimento de que estão sendo tratadas com dignidade e respeito por nossa gestão”. Destacou.

Para o Sensei Roque Ribeiro o momento é de muita alegria e um sonho que se concretiza em Aliança, uma vez que está no Estado por algum tempo. “Não posso deixar de agradecer e reconhecer o prefeito José Piqui e a secretária Sonja pela abertura que estão dando para o karate tradicional com o Projeto Ciranda do Karate”. Pontuou o professor.

A secretária de Desenvolvimento e Assistência Social Sonja Cáthia não escondeu a emoção durante a apresentação dos alunos e destacou o acolhimento da comunidade ao projeto. “A família aliancense sentiu que nessa gestão as iniciativas em relação à comunidade são responsáveis e abrem espaço para, também, os menos favorecidos, e o Projeto Ciranda do Karate é um desses exemplos”. Ressaltou.

“São crianças que não tem condições de pagar uma academia então se torna inatingível, e eles conseguiram, então esse momento é muito importante” definiu a coordenadora dos Pioneiros Mirins Sayonara de Moraes.

“O projeto para minha filha foi muito bom e interessante porque ela era rebelde, difícil e depois que ela passou a participar do Ciranda do Karate ela se disciplinou e em casa ela melhorou muito”. Disse Ana Paula mãe da aluna Anália Tais de 9 anos de idade.

“Esse momento é um marco para o PETI de Aliança, nossas crianças passam a serem vistas com outros olhos pela comunidade, e o Projeto Ciranda do Karate evidencia em todos nós que é preciso dar oportunidade a quem nunca teve, estou feliz e motivada”. Concluiu Benavenuta coordenadora do PETI – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil.

Ciranda do Karate

O Projeto piloto foi executado de março a agosto de 2010 com 40 vagas aos beneficiários do PETI e Pioneiros Mirins com idade de 6 a 16 anos com abertura para inclusão de ambos os sexos e também de pessoas com deficiência. Em sua segunda fase, de setembro a dezembro de 2010, serão incluídos mais 40 beneficiários

O Karatê permite ao praticante conhecer seus próprios limites e respeitar os dos outros como também, estabelecer uma melhoria na auto-estima. Desenvolver uma imagem positiva de si mesmo, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Assessoria de Imprensa Prefeitura de Aliança do Tocantins