Estado

Foto: Divulgação Quarteto Radamés Gnattali Quarteto Radamés Gnattali

Entre os dias 25 e 29 de outubro, o Quarteto Radamés Gnattali apresentará o projeto 'Brasil de Tuhu – Concertos Didáticos' para estudantes das escolas da rede pública dos municípios de Palmas, Xambioá, Porto Nacional, Gurupi e Araguaína, em Tocantins.

Internautas podem acompanhar o diário de viagens do projeto, que começou esse ano pelo Ceará e já passou pelo Mato Grosso do Sul, através do website . O patrocínio é do Instituto Votorantim e da Votorantim Cimentos, com planejamento e produção executiva da Baluarte Agência.

Os músicos se basearam no antológico 'Guia Prático' (1932), de Heitor Villa-Lobos, para selecionar e adaptar o repertório que será mostrado aos jovens dos ensinos fundamental e médio, com a intenção de estimular seu interesse e percepção musicais. “Vamos avaliar novamente os resultados dos concertos através de questionários e esperamos que as respostas desse ano sejam ainda melhores. Em 2009, quase 4 mil alunos participaram dos concertos. Cerca de 70% deles nunca haviam assistido a uma apresentação de música clássica e mais de 90% aprovaram o conteúdo apresentado”, calcula Fabiana Costa, diretora da Baluarte Agência e coordenadora do projeto.

“Esse ano, a nossa mensagem está ainda mais voltada para a música. Temos mostrado aos alunos o que é uma partitura, quais são as notas musicais”, exemplifica a violinista Carla Rincón, nascida em Caracas e formada pelo renomado sistema de orquestras infantis e juvenis da Venezuela. Carla assina a coordenação pedagógica e direção musical do projeto. “Interagimos com a plateia durante os concertos e não há nada melhor do que ver a resposta imediata do que acabamos de tocar. Eles perguntam e nós respondemos, o que só nos aproxima”, conta o violista Fernando Thebaldi.

Popularizar a música erudita é um dos principais lemas do Quarteto Radamés Gnattali - formado por Carla Rincón e Francisco Roa nos violinos, Fernando Thebaldi na viola e Hugo Pilger no violoncelo. Juntos, eles querem fazer o que está ao alcance para efetivar o ensino de música nas escolas, que será obrigatório a partir de 2011, devido à aprovação da Lei 11.769, em 2008. Eles propõem que a iniciação musical nas escolas seja feita a partir da música brasileira.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Quarteto Radamés Gnattali

Por: Redação

Tags: Brasil de Tuhu, Votorantim ciumentos