Campo

Com o objetivo de unificar as ações do Sistema de Defesa Vegetal do Estado, a Adapec – Agência de Defesa Agropecuária – inicia nesta terça-feira, 19, o “Curso de Harmonização de Procedimentos em Defesa Fitossanitária”.

O evento, que acontece no Campus da UFT – Universidade Federal do Tocantins, em Miracema, região Central do Estado, deve contar com a presença de 40 engenheiros agrônomos do órgão. O Curso encerra nesta sexta-feira, dia 22.

Para o presidente da Adapec, José Luciano Azevedo Carlos, é nessas ocasiões que os engenheiros têm a oportunidade de interagir e corrigir discrepâncias que possam existir nos procedimentos adotados. “A padronização dos trabalhos facilita o desenvolvimento de ações e fortalece o sistema de defesa,” explica Azevedo.

Assuntos como: A importância da harmonização dos procedimentos, Portifólio de legislações de nível federal e estadual e suas respectivas regulamentações, Restrições fitossanitárias para o trânsito animal, Sistema de Mitigação de Risco para a Sigatoka Negra, Boas práticas agrícolas, Monitoramento de moscas das frutas, Monitoramento do Coco, Padronização nacional de procedimento de fiscalização de agrotóxico com base na carta de Macapá, serão alguns dos temas expostos pelos profissionais da Adapec e pelo convidado do Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o fiscal, Fernando Azevedo.

O evento é fruto do Convênio n° 01/2009, celebrado entre a Adapec e o Mapa, que prevê entre outras ações a capacitação dos servidores da Agência. O valor total desta parceria é de R$ 466.300,00, com contrapartida do Governo do Estado de R$ 52.500,00.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Adapec

Por: Redação

Tags: Adapec, José Luciano Azevedo Carlos, UFT