Polí­cia

Foto: Arquivo da Família

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou dez pessoas envolvidas no assassinato da dona de casa Isabel Barbosa Pereira, 34 anos, na cidade de Xambioá, extremo norte do Estado. O crime aconteceu no dia 28 de junho do ano passado.

De acordo com o Promotor de Justiça Caleb Melo o homicídio é resultado de um plano “macabro” para calar Isabel. O mandante do crime, conforme as investigações policiais, é o próprio marido de Isabel, Sérgio Mendes da Silva, porque a mulher teria ameaçado revelar todo o esquema planejado para a cassação do então prefeito Richard Santiago Pereira (PMDB).

Foram denunciados: Anderson de Araújo Souza e Roseli Francisco Alves Silva como executores; Sergio Mendes da Silva (marido de Isabel); Antonio Batista da Silva Filho, irmão de Sérgio, que ajudou a planejar o crime; Clenio da Rocha Brito, vice-prefeito da atual da prefeita Ione Leite; Jenner Santiago Pereira, irmão do ex-prefeito Richard, e ex-secretário de Finanças da prefeita Ione; Ronaldo Espindula Silvo, braço direito do Jenner; Ronisley Mendes da Silva, irmão do Sérgio; Wagner Mendes da Silva, irmão de Sérgio e Vilmar Martins Leite, esposo prefeita Ione. Não há indícios de participação da prefeita Ione.

Entenda o caso

Tudo começou quando a chapa encabeçada pela prefeita Ione ficou em segundo lugar nas eleições de 2008. O candidato a vice-prefeito derrotado, Clenio da Rocha Brito, encabeçou um movimento que resultou numa ação judicial movida pelo Ministério Público por compra de votos, pois, encontraram uma doação de ilícita (máquina pulverizadora) feita pelo então prefeito a Sergio que pediu cerca de R$ 40.000.00 para depor contra Richard. E foi quando Isabel exigiu parte deste dinheiro ao marido que o crime começou a ser planejado. (Ascom MPE)