Polí­tica

Foto: Divulgação

O vice-governador eleito, João Oliveira (DEM) falou ao Conexão Tocantins na tarde desta segunda-feira, 25, quando pediu reflexão dos deputados estaduais na aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o próximo ano.

“Quando se trata de transição é importante que o parlamento entenda que o governo não é de A ou de B, é de todos”, frisou. O vice-governador eleito frisou que espera bom senso dos parlamentares com o objetivo de não inviabilizar o próximo governo que terá à frente Siqueira Campos (PSDB).

“ A Assembleia tem a responsabilidade de aprovar para cada instituição o orçamento que o governo possa administrar sem atrapalhar a administração”, ponderou se referindo aos repasses para a Assembleia legislativa, o Tribunal de Contas, o Ministério Público, Tribunal de Justiça e ainda a Defensoria Pública.

Os deputados de oposição apresentaram emenda em bancada visando reduzir os valores que o atual governo propôs para tais instituições.

O foco da análise, segundo Oliveira, deve ter como base a arrecadação total do Estado sem esquecer das áreas prioritárias. “Temos a saúde, a educação, a segurança, que são áreas que o governo precisa investir”, frisou.

“Não acho justo que alguém faça uma coisa que impossibilitize o governo”, frisou defendendo que todos os parlamentares entrem em consenso para aprovar a LDO.

“Creio que eles irão refletir e fazer com responsabilidade a distribuição de recursos”, disse.