Palmas

Foto: Gleidison Medeiros

Durante sessão realizada nesta quarta-feira, 03, na Câmara Municipal foi solicitado a Prefeitura de Palmas, pelo vereador Bismarque do Movimento, a revisão de ordem de despejo a famílias que moram em ocupação no Setor Taquari em área pública municipal.

Para o vereador o poder público antes de despejar as famílias que vivem em ocupações na Capital, “precisa desapropriar áreas para construir moradias a estas famílias ao invés de marginalizá-las”, disse.

O Conselho Municipal de Habitação aprovou na ultima reunião o pedido de desapropriação da quadra ARSO 51, decisão presente no diário oficial de Palmas do dia 18 de outubro. O vereador defende que não existam despejos e que as casas a serem construídas na quadra ARSO 51, sejam destinadas a famílias que vivem em ocupações na Capital.

Educação

O vereador solicitou ainda aos colegas que intercedam junto ao Executivo Municipal para realização de audiência entre representantes do SINTET - Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins - com o Prefeito Raul Filho.

A categoria enviou ofícios a todos os vereadores, para cobrar que o Poder Público Municipal debata com os trabalhadores da educação todos os pontos de reivindicações pleiteados pelo Sindicato.

Para Bismarque, “O PT em sua essência defende o diálogo entre o Poder Público e a classe trabalhadora”, portanto o Prefeito Petista “deve dialogar todas as reivindicações dos profissionais da educação e atender as que estiverem dentro das possibilidades do Executivo”, disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Bismarque do Movimento