Polí­tica

Foto: Antônio Gonçalves Gestão do prefeito Raul Filho terá alterações admnistrativas Gestão do prefeito Raul Filho terá alterações admnistrativas

Depois do segundo turno o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) fará uma reestruturação no governo fazendo alterações na estrutura de algumas pastas e ainda nomeando novos secretários.

A intenção é oxigenar a gestão. O prefeito já pediu um estudo com levantamento da situação de cada órgão para planejar as mudanças que devem ocorrer ainda este mês.A vice-prefeita, Edna Agnolin (PDT) em entrevista ao Conexão Tocantins reafirmou que ainda não está participando do processo de planejamento da reestruturação.

“O prefeito Raul mandou fazer um estudo mas ainda não decidiu nada”, frisou. A vice-prefeita ressaltou que mantém o bom relacionamento com o gestor depois das eleições e desmentiu boatos de bastidores de que estaria afastada da gestão.

“Estou junto com ele, conversando constantemente com muito respeito como sempre foi, nossa relação está cada vez mais fortalecida”, disse. Questionada sobre qual será sua participação e do PDT nas alterações que o prefeito promoverá, a pedetista disse que as decisões cabem ao prefeito. “ Quem é o prefeito é o Raul”, salientou.

No entanto, a vice-prefeita espera que possa participar da composição da nova equipe. “Depende da conversa, mas há possibilidade real do PDT participar”, disse.

2012 para depois

Edna desconversou sobre a disputa de 2012 para a prefeitura da capital mas afirmou que ainda não começaram as articulações para a sucessão de Raul na prefeitura nem sobre a possibilidade dela ser a candidata apoiada pelo gestor. “Está muito longe ainda, não discutimos essa questão”, garantiu completando que PT e PDT estão cada vez mais próximos.

Ações

Edna avaliou que está cumprindo bem seu papel de vice-prefeita. “Estou seguindo meu trabalho como vice”, disse. Nesse momento a pedetista busca em Brasília recursos junto ao Ministério do Trabalho e Emprego e ainda no Orçamento da União para investimentos na área da qualificação na capital.

A vice-prefeita segue ainda à frente do Pólo de Confecções, uma de suas principais conquistas e defendeu uma maior distribuição de recursos para a capital no Orçamento da União. “Palmas precisa de uma presença forte no orçamento para contemplar as demandas”, defendeu.