Palmas

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Palmas aprovou na sessão ordinária desta quarta-feira, 10, o Projeto de Lei nº 039/2010, de autoria do vereador Fernando Rezende (DEM), que concede o título de Cidadão Palmense ao artista plástico Pierre de Freitas pelo trabalho desenvolvimento no campo das artes plásticas em Palmas e no Tocantins.

Para Rezende a homenagem é justa e se faz necessária por se tratar de um expoente da arte na capital tocantinense. “Acredito que Pierre é um grande artista e vem fazendo um excelente trabalho a frente da Fundação Cultural de Palmas. É um orgulho para nosso município poder contar com seu talento”, acrescentou o vereador.

A solenidade de entrega do título ainda não tem data marcada, mas deve acontecer ainda no mês de novembro.

Biografia

Pierre de Freitas é artística plástico e nasceu em 21 de dezembro de 1967 em Brasília – DF. É bacharel em Artes - Visuais, com habilitação em pintura pela Universidade Federal de Goiás. Possui cursos de aperfeiçoamento nas áreas de patrimônio histórico, além de pintura e escultura. Casado com a médica endocrinologista Thessa Gonçalves Marinho dos Santos de Freitas, pioneira no Tocantins na sua especialidade médica, é pai de Gabriela Barcelos de Freitas (14 anos), Pedro de Freitas (12 anos) e Laís Rocha de Freitas (07 anos) que nasceu em Palmas.

Preside a Fundação Cultural de Palmas desde de janeiro de 2008 onde vem desenvolvendo trabalho de valorização da cultura e fomentando a disseminação da arte entre a comunidade da capital.

Já montou e realizou 26 exposições individuais e outras 12 coletivas espalhadas pelos Estados do Tocantins e Goiás. Ao longo dos anos Pierre de Freitas vem estreitando seus laços com a capital e o reflexo disso é perceptível nas obras de arte e ações específicas com a população palmense. Foi professor de artes plásticas e história da arte no Colégio Marista, professor de pintura no Centro de Criatividade de Palmas no Espaço Cultural, idealizador e coordenador do projeto “A Escola vai a Galeria, idealizador do projeto “Art Card”, professor de pintura em projeto de apoio no Aureni III, coordenador do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) no Tocantins, coordenador de Artes Plásticas, Visuais e Artesanato da Fundação Cultural do Tocantins, e atualmente é presidente da Fundação Cultural de Palmas.

Pierre de Freitas também se aventurou em causas sociais de uma maneira intensa. De 1989 à 1994 o artista plástico foi Voluntário Engajado na Legião Estrangeira por cinco anos e meio servindo nos seguintes países: França, de1989 à 1992, Golfo Pérsico, no 1º semestre de 1991 e Djibouti ( África oriental ), 1992 à 1994. Durante este período recebeu condecorações como a Medalha da Defesa Nacional (França, 1990), a Medalha do Ultra-Mar, agrafe Oriente-médio e Somália (França, 1991), Medalha do Reino da Arábia Saudita (1991), Medalha da Libertação do Kwait

Fonte: Assessoria de Imprensa Fernando Rezende