Estado

Foto: Divulgação

Representantes da Prefeitura Municipal de Paraíso e o Sindicato dos Servidores Municipais de Paraiso (Simpa) se reuniram na tarde de ontem, 24, na sala das comissões da Câmara Municipal, para mais de duas horas de negociações e mais uma vez sem resultado positivo, o impasse continua.

Os 4,31% de reajuste, que pode chegar a 5%, proposto pela prefeitura não agrada aos servidores, que querem, além da reposição salarial de 66,67% para contemplar as perdas dos últimos anos, mais insalubridade, escolaridade e outros benefícios de acordo com a Lei 01433, de 28 de fevereiro de 2007, que criou o Estatuto dos Servidores.

Uma nova reunião ficou definida para a próxima quarta-feira, 1º, onde haverá uma nova rodada de negociações entre as partes. Será mais um encontro entre o Poder Executivo e os Servidores Públicos de Paraíso em busca de um acordo que pelo visto está longe de acontecer. O Simpa, através do presidente, Luiz Antonio Mota informou que a assembléia geral, marcada anteriormente, está confirmada para a próxima sexta-feira, dia 26 de Novembro de 2010, onde será repassado o resultado das negociações com o governo municipal para votação e discussão da classe trabalhadora.

A Câmara Municipal de Paraíso, na reunião, foi representada pelos vereadores Amiron Pinto (PMDB) e Lafaete Lobo (PT). Com a participação parcial do Vereador Colombiano (PMDB).

Fonte: Dicom Câmara de Paraíso